quarta-feira, 27 de julho de 2016

Guia da Cidade de Nova York - Turismo por água, terra e céu


Por mais interessantes que sejam as calçadas de Nova York, para se ter turismo de aventura de verdade é preciso extrapolar esse plano. De passeios de ônibus a cruzeiros, de atrações mundialmente conhecidas a vistas espetaculares, você acha tudo em Nova York.
Metade show. Metade passeio. Entretenimento completo. The Ride é uma experiência única que transforma as ruas de Nova York num palco, uma vez que os turistas sentam-se de frente para as janelas do ônibus (que vão do chão ao teto), aproveitando as vistas de Manhattan ao máximo. Assentos típicos de estádio, monitores, luz LED e som sorround transformam The Ride no único teatro sobre rodas do mundo.
Aproveite toda a grandeza de Nova York e desfrute de vistas espetaculares de Manhattan enquanto guias experiente apontam os principais pontos de referência da cidade no Circle Line Sightseeing. Barcos navegam o ano inteiro e há um cruzeiro para cada tipo de viajante, incluindo “O Melhor de NYC” (três horas, ilha inteira), “Cruzeiro pelos Marcos” (duas horas, meia ilha), “Cruzeiro Liberdade”, “O Melhor Passeio de Lancha” (maio a setembro), e o romântico “Luzes do Porto” (duas horas), além de fogos de artifícios e muito mais.
Só existe um prédio que é o mais alto. Apenas um que é o mais forte. E apenas um destino escolhido como a Melhor Nova Atração do Mundo. Esses adjetivos superlativos pertencem ao One World Trade Center, e no seu topo, o One World Observatory, subindo ao céu com mais de 100 andares. As vistas vão dos rios ao porto, da Estátua da Liberdade ao Empire State Building. Nova Jérsei e Queens aparecem como pano de fundo. Helicópteros voam como pássaros, bem abaixo das janelas que vão do chão ao teto. Os arranha-céus de Lower Manhattan - alguns dos quais já ocuparam o posto de mais alto do mundo - se empilham embaixo dos seus pés como se fossem brinquedos.
Ripley’s Believe it or Not! Times Square surpreende e diverte Nova York desde 1939. O museu abriga exposições emocionantes e artefatos raros, alguns dos quais foram descobertos pelo próprio Robert Ripley! Ao explorar as 20 galerias temáticas e espalhadas por dois andares, você esbarra em novas surpresas a cada passo. O museu recentemente expandiu sua área para incluir ainda mais peças, como objetos que pertenceram à Marilyn Monroe e “Plane Loco”, o maior trem já construído com palitos de fósforo.
Tudo é agitado no Intrepid Sea, Air & Space Museum! Em comemoração ao 50º aniversário da querida série Star Trek, o Intrepid dá as boas-vindas à sua nova exposição Star Trek: The Starfleet Academy Experience ao Píer 86 em julho. O museu será o primeiro dos Estados Unidos a abrigar a “Trek Tech” experiência, que incluirá uma nave do tamanho de uma “starship”, com mais de 900 metros quadrados. O Intrepid Museum inclui o Pavilhão Nave Espacial, onde está Enterpise, a primeira nave espacial do mundo. Também à mostra estão 27 aeronaves completamente restauradas, incluindo a Lockheed A-12 Blackbird, o jato militar e avião espionagem mais veloz do mundo, e o British Airways Concorde, a aeronave comercial mais veloz que já cruzou o Oceano Atlântico.


Principais Atrações Turísticas

5th Avenue
Quinta Avenida, Fifth Avenue ou 5th Avenue é a avenida mais famosa da cidade. Andar por ela, especialmente entre as ruas 39 e 60, é um programa indispensável. Além das lojas mais caras da cidade, observe a arquitetura dos prédios, como a New York Public Library, as mansões e os apartamentos dos ricos nova-iorquinos.
Entre as lojas desejadas estão a Apple Store, Tiffany & Co, Louis Vuitton, Armani, Michael Kors e a loja de brinquedos FAO Schwarz. Atrações como o Empire State, a famosa St Patrick’s Cathedral, o Trump Tower e os jardins e a fonte do Rockefeller Center também estão na Quinta.
É a Quinta Avenida que divide a Ilha de Manhattan ao meio, sendo que a esquerda é o West e a direita East. Margeia todo o Central Park no lado East.

One World Trade Center
O One World Trade Center (Freedom Tower), com 541 metros de altura (incluindo a antena) é atualmente o edifício mais alto de Nova York. Inaugurado em novembro de 2014, possui 104 andares, sendo 69 andares de escritórios. 73 elevadores, com a velocidade de 10,16 metros por segundo, servem o mais novo monumento da cidade.
O público pode visitar o deck observatório, instalado entre o 100º e 102º andares, inaugurado em 2015. O novo WTC inclui cinco torres, o Museu e Memorial, um centro de transporte público, cerca de 550 mil m² de espaço para lojas e um centro de artes.
O Memorial 11 de Setembro foi inaugurado em 2011 para homenagear as vítimas dos ataques de 11 de setembro de 2001. O memorial é composto por duas piscinas quadradas, exatamente onde estavam as Torres Gêmeas, com os nomes das vítimas inscritos nas suas laterais.
Estação de Metrô: World Trade Center – Linha E – Azul

American Museum of Natural History
É o maior museu de história natural do mundo e está entre os mais visitados dos Estados Unidos e do mundo. Suas coleções têm mais de 32 milhões de espécies. Entre as diversas atrações, um grandioso acervo da origem da vida humana, vida marinha, grandes mamíferos, esqueletos gigantes de dinossauros, pássaros e objetos de civilizações africanas, asiáticas e indígenas, minérios e pedras preciosas (do Brasil só uma foto da Amazônia).
Endereço: Central Park West, entre a 77th Street e a 81st Street
Horário: Aberto das 10:00 as 17:45 horas, diariamente
Preço: Adultos: US$ 33.00 - Crianças: US$ 20,50 (porém você paga quanto quiser).
Estação de metro: 81 Street – linha C – Abóbora.

Battery Park
É o parque que fica no extremo sul da ilha de Manhattan, e a sua origem é das baterias de artilharias do exército do século 19, estrategicamente situada do lado oposto do porto, e que se transformou num agradável parque público. Perfeito para um piquenique com vista da Staten Island e da Estátua de Liberdade. Lá está o Castle Clinton, onde se compra os ingressos das balsas para visitar a Estátua.
A escultura "The Sphere", uma esfera de bronze com 22 toneladas, que ficava na praça interna do World Trade Center, agora fica no Battery Park, em homenagem às vítimas dos ataques de 11 de setembro de 2001.
Estações de Metrô (Downtown): South Ferry – Linha 1 (vermelha); Bowling Green – Linha 5 (verde).  

Broadway
Significa via larga em inglês. É uma avenida que atravessa o Distrito de Manhattan e do Bronx. A Broadway já existia antes do planejamento da cidade, em 1811, e, portanto, não obedece à malha viária perpendicular, característica da ilha. A Broadway é muito famosa pelos seus teatros que exibem superproduções de musicais, que muitas vezes ficam em cartaz durante vários anos. Atravessa a Times Square e é ponto de referência para 43 teatros que constituem o Circuito Broadway.
A Broadway inteira mede 48 km, e vai da SR-117 até Bowling Green (sul da ilha). Considerando só a parte da ilha de Manhattan, do Harlem River até o Bowling Green, a extensão é de 24 km.

Brooklyn Bridge
Elegante ponte suspensa em aço sobre o East River, ligando o Brooklyn a Manhattan, com 1834 metros de extensão. Os planos iniciais, apresentados em 1855, pareciam loucura, e só no fim da Guerra Civil o projeto se tornou realidade. A sua inauguração aconteceu em maio de 1883, e o povo se encantou com o vão de inspiração gótica, com os pilares de pedra e o traçado de cabos de aço. 600 operários trabalharam na construção, sendo que 20 morreram em acidentes da obra. É a ponte mais longa e mais antiga dos Estados Unidos. Uma via para pedestres e bicicletas oferece vistas de Downtown, do East River e do Brooklyn. A via abaixo destina-se aos veículos.
Estações de Metrô: Em Manhattan – City Hall – Linha R – Amarela (tem que atravessar o Parque) e Brooklyn Bridge City Hall – Linha 6 – Verde. Se estiver no Battery Park ou South Ferry usar trens UpTown. Se estiver em ruas ou avenidas mais acima, usar trens Downtown. No Brooklyn – High Street – Linhas A e C – Azul

Bryant Park
A poucos quarteirões da Times Square e da região dos teatros e a poucos metros do New York Public Library (no seu subterrâneo ficam as prateleiras da biblioteca), o parque é um local ideal de descanso para os milhares de turistas e moradores que passam por seus limites a cada dia.
Foi durante muito tempo reduto de traficantes de drogas. Depois de reformado, é hoje um agradável parque, o único em Midtown. Casais namoram, outros tocam violão, outros cochilam. Um refúgio para isolar-se da agitação da cidade. No inverno transforma-se em uma concorrida pista de patinação. Conta com vários quiosques que vendem suvenires e sorvetes, restaurante e café.
Estações de metrô na 42 Street – Bryant Park – Linha D e F - Abóbora; Grand Central Terminal – Linhas 4-5-6-7 – Verde; Times Square – Linhas N-Q-R-1-2-3-7.

Central Park
É um grande parque no meio de Manhattan. Fica entre a 59th Street e a 110th Street (e da 5th Avenue até a 8th Avenue). Foi criado em 1857 pelo paisagista Frederick Law Olmsted, que durante 16 anos mandou trazer mais de 500 mil árvores para plantio nos 340 hectares do parque. Recebe, aproximadamente, 35 milhões de visitantes por ano, e estão disponíveis atrações e atividades em qualquer época do ano.
Não perca o skyline a partir do oceano de verde de Sheep Meadow.
Acesse aqui o site e veja todas as informações.
Estações de Metrô: Acesse aqui e veja as linhas do metrô e as estações onde param cada trem.

Charging Bull
Bull Spread, no mercado financeiro, refere-se à expectativa de que um ativo de baixo valor venha a ter um aumento de preço. O termo bullish (do inglês bull: touro) significa esperançoso, confiante, otimista com relação a algum evento futuro.
Perto de Wall Street, onde se encontra a bolsa de valores de Nova York, existe a estátua de um touro, o Charging Bull, também chamado touro de Wall Street, escultura idealizada pelo artista siciliano Arturo Di Modica (1941). O icônico está localizado em Bowling Green, nas intersecções das Broadway e Morris Street, na ponta sul da ilha de Manhattan.
Estações de Metrô: Bowling Green - Linha 5 – Verde ou South Ferry – Linha 1 - Vermelha.

Chrysler Building
Símbolo definitivo da art déco de Nova York, foi concluído em 1930 e continua a ser uma das características mais distintas do horizonte de Manhattan. Refletindo o ramo do negócio do proprietário do edifício, e o entusiasmo da época pelo projeto inspirado em máquinas, em muito imita o design automobilístico. O arquiteto William Van Alen fez uso, pela primeira vez, de aço inoxidável em larga escala na fachada do empreendimento, utilizou calotas como decoração e criou uma espiral que lembra um radiador de automóvel, decorado com gárgulas projetadas para o exterior do edifício.
Estação de Metrô: Grand Central Terminal – Linhas 4-5-6-7 – Verde.

City Hall
É a Prefeitura de Nova York e a sede do Conselho Municipal da cidade, localizada no Civic Center, em Lower Manhattan. Foi construída entre 1803 e 1812, e é considerada a sede municipal mais antiga dos Estados Unidos, ainda em funcionamento. É um patrimônio histórico nacional e está listada no Registro Nacional de Lugares Históricos.
Estações de Metrô: City Hall – Linha R (Amarela) ou Brooklyn Bridge City Hall – Linha 6 (Verde).

Empire State Building
É o arranha-céu mais conhecido do mundo. Idealizado na década de 1920, mais construído durante a época da Depressão, foi erguido com a marca de quatro andares e meio por semana e concluído em apenas 410 dias.
O edifício, atração principal entre as construções em estilo art déco de Nova York, tem uma altura de 442 metros até a ponta dos seus para-raios, 102 andares e 73 elevadores. Os elevadores incluem aqueles projetados para levar os turistas rapidamente aos observatórios, a uma velocidade de 365 metros por minuto, e que podem levar apenas alguns segundos do saguão até o 80º andar. De lá, dois elevadores levam ao 86° andar, onde há áreas externas, com observatórios, em todos os quatro lados do edifício e um local aquecido, cercado por paredes de vidros. Também há um observatório no 102° andar, pago a parte para visitas.
Em um dia claro, você pode ver os estados de Connecticut, Nova Jersey, Pensilvânia e Massachusetts, além, claro, de toda Nova York.  
Outra atração imperdível é o New York Skyride, que fica no 2º andar do prédio. É uma emocionante apresentação combinando tecnologia digital e efeitos especiais, plataformas personalizadas e assentos, além de uma tela enorme. Você fará um passeio virtual nas alturas e por terra na cidade de Nova York. É seguro, divertido e interessante.
O Empire visto a noite é muito bonito. A iluminação do seu topo vai mudando de cor a todo o momento.
Endereço: 5th Avenue, entre 33 e 34th Streets.
Estações de Metrô: 34th Street – Herald Square – Linhas D-F (Abóbora) ou N-Q-R (Amarela). Saindo da estação logo avistará o Empire. Ande uma quadra e estará nele.

Flatiron Building
Construído em 1902 para abrigar a Fuller Construction Company, foi a primeiro arranha-céu de Nova York e ganhou o nome pelo formato de um ferro de carvão para passar roupas. Na realidade a forma se deve à disposição irregular dos terrenos da Broadway.
O Flatiron é o destino para os aficionados por design, fotografia, vestuário e artigos de papelaria da área.
Estando lá, aproveite e vá até o Madison Square Park, que fica muito próximo, ao norte.
Estações de Metrô: 23rd Street – Linhas N e R – Amarela ou linha 6 – Verde (precisa andar um pouco).

Grand Central Terminal
É um importante terminal ferroviário e metroviário de Manhattan e um dos espaços públicos mais grandiosos de Nova York e um belo marco da cidade. Cheio de lojas sofisticadas e lugares interessantes para uma refeição rápida. Todos os dias, trens passam por 48 pares de trilhos e trazem meio milhão de pessoas que moram nos subúrbios ao norte.
Cornelius Vanderbilt, magnata de New York Central Railroad, encomendou a construção do Grand Central Terminal, o que se efetivou entre 1903 e 1913, com o nome Grand Central Station.
Entre na Grand Central pela 42nd Street com a Park Avenue para sentir toda a grandiosidade do saguão principal. A medida que você entra, a sensação de espaço, a sofisticação e o burburinho da cidade criam uma introdução impressionante do que é Manhattan.
Estação de Metrô: 42nd Street - Grand Central Terminal

High Line Chelsea
Mesmo quando se trata de algo simples como um parque, a cidade de Nova York não pode evitar a inovação. O elevado de quase 2,5 km por onde os trens de carga passaram de 1934 até 1980 foi reaberto em 2009 como um parque público. O local exibe uma combinação de vida vegetal exuberante e colorida e longas e estreitas passarelas que permitem aos visitantes andar por elas e desfrutar de uma vista deslumbrante sobre o Rio Hudson e o skyline de Manhattan. Os locais dos trilhos originais foram transformados em pequenas plantações, uma forma de se lembrar da flora selvagem que originalmente inspirou o projeto.
Toda a High Line é acessível para cadeirantes e o Parque tem sido citado como um modelo para outras cidades à procura de maneiras criativas de reutilizar envelhecidas partes da sua infraestrutura.
Estação de Metrô: Veja no Mapa as estações na West 14, 23 e 34 Streets.

Intrepid Sea, Air & Space Museum
Servido na Segunda Guerra Mundial e no conflito do Vietnã, o porta-aviões U.S.S. Intrepid está agora passando seus anos de aposentadoria como um museu. As operações e façanhas dos tempos de guerra da embarcação são amplamente detalhadas, e as várias exposições organizadas ao redor de seu convés exploram as constantes mudanças das faces da guerra e documentam as inovações tecnológicas geradas por elas.
Um antigo Concorde da British Airways está entre os objetos da aviação civil expostos.
Diversão garantida para crianças e para adultos.
Estação de Metrô: se não se incomoda em andar, a mais próxima é a da 42nd Street – Port Authority, e são quatro quadras bem longas para caminhar. É melhor ir de taxi ou ônibus M42, ao sair da estação, e saltar na 12 Avenue.

Lincoln Center
Também conhecido como Lincoln Center for the Performing Arts, é um complexo de edifícios e que desde a sua conclusão, na década de 1960, abriga organizações culturais, incluindo a Orquestra Filarmônica de Nova York, a Metropolitan Opera, o New York Theater e a Juiliard School for Performing Arts, todas agrupadas ou próximas a uma praça central.
Estação de Metrô: 66th Street – Lincoln Center

Madame Tussauds
A história da atração remonta Paris de 1770. Foi lá que Madame Tussauds aprendeu a modelar em cera, com orientações de seu mentor, Dr. Philippe Curtius. Durante a Revolução Francesa, foi forçada a provar sua fidelidade aos nobres feudais, fazendo máscaras mortuárias de aristocratas executados. No século 19 foi para a Inglaterra com uma exposição itinerante de relíquias e imagens de heróis públicos. Em 1835, estabeleceu uma base em Londres, na Baker Street, mudando-se para o seu local atual, Marylebone Road, em 1884.
Em 2000, o Museu chegou aos Estados Unidos com a abertura de sua primeira atração em Las Vegas e, considerando a grande procura, no mesmo ano, abriu suas portas na Times Square.
O Madame Tussauds de Nova York possui uma ampla coleção de figuras da realeza, políticos, atores, astros da música e heróis do esporte.
Endereço: 42nd Street, entre a 7th Avenue e 8th Avenue.
Estações de Metrô:  42nd Street/8th Avenue - Linhas A, C, E; 42nd Street/Times Square - Linhas 1, 2, 3, 7, N, Q, R, W ou S.

Madison Square Garden
Chamado de MSG ou The Garden, é um complexo de quatro arenas situado no alto da Penn Station. A sua atual estrutura foi inaugurada em 11 de fevereiro de 1968. Tem capacidade para quase 20 mil torcedores em jogos de basquetebol e 18 mil em jogos de hóquei no gelo.
Ali jogam times profissionais da cidade, como o New York Knicks (NBA), o New York Rangers (time de hóquei no gelo da NHL), o New York Liberty (WNBA) e o New York Titans (time de lacrosse da NLL).
Além de eventos esportivos, sedia concertos e outros espetáculos. Madonna, Rolling Stones, Elton John e muitos outros encerram suas turnês aqui. Foi palco do show da baiana Ivete Sangalo.
Estação e Metrô: 34th Street – Penn Station – Linhas A-C-E-1-2-3

Metropolitan Museum of Art
É um dos mais importantes museus do mundo. Fundado em 20 de fevereiro de 1820, guarda uma fundamental coleção de pintura europeia desde o século XII até o século XX, mais uma coleção de arte antiga, da Grécia, Roma, Egito e assírio-babilônica, além de importantes representações orientais. A coleção permanente do MET demonstra enorme exuberância, acolhendo mais de 2 milhões de obras. O edifício principal do museu situa-se no extremo leste do Central Park, estendendo-se ao longo de Manhattan até o Museum Mile, através de uma área imensa de galerias, as maiores e mais significantes do mundo das artes. A chamada Arte Medieval está guardada no The Cloisters, em Upper Manhattan.
Estão também expostas nas suas salas pinturas e esculturas de artistas norte-americanos. Veja também as seções dedicadas a instrumentos musicais, armas e indumentária.
Endereço: 1000 5th Avenue, e 82nd Street
Estação de Metrô: Linhas 4, 5 ou 6 até a 86th Street e caminhe três quarteirões no sentido oeste até a Quinta Avenida. No West Side, pegue o trem 1, B ou C para a 86th Street e depois pegue o ônibus M86 que cruza a cidade.

Museum of Modern Art – MoMA
Construído por Abby Aldrich Rockfeller, esposa de John D. Rockfeller Jr., em 1929, juntamente com duas amigas, Bliss Lillie P. Quinn e Mary Sullivan. Inicialmente, alugaram salas modestas para o novo museu no Edifício Heckscher, esquina da Quinta Avenida com a Rua 57. Em 1997, o arquiteto japonês Yoshio Taniguchi venceu 10 outros arquitetos internacionais na competição para projetar um novo desenho para o museu, que reabriu em 2004 como o novo visual de Taniguchi. É tido como o maior e mais importante acervo de obras-primas modernas ocidentais no mundo, com mais de 150 mil peças, além de 22 mil filmes e 4 milhões de fotos.
Endereço: 11W 53rd Street (entre a 5th e 6th Avenue)

New York Public Library
Localizada entre a Quinta Avenida e a Rua 42, a incrível biblioteca de Nova York, é um edifício de mármore branco, uma das primeiras encomendas feitas a empresa Carriére & Hastings em 1911. Metade de seu custo de US$9 milhões foi doado por Andrew Carnegie, filantropo e magnata do aço, morto em 1918.
The New York Public Library tem sido um fornecedor essencial de livros gratuitos, informações, ideias e educação para todos os nova-iorquinos por mais de 100 anos.
Atendendo a mais de 17 milhões de clientes por ano, e outros milhões on-line, a Biblioteca possui mais de 51 milhões de itens, entre livros, e-books e DVDs.
Estação de Metrô: 42 Street - Bryant Park – Linhas D-F; Grand Central Terminal – Linhas S-4-5-6-7.

ONU – Organização das Nações Unidas
A United Nations Headquarters está localizada em Nova York, ao longo do East River, desde 1947. Muitas das suas atividades administrativas são realizadas no prédio do Secretariado, projetado por Le Corbusier. O público é acompanhado por guias, o que proporciona uma hora instrutiva pelo interior da ONU, incluindo o prédio da Assembleia Geral e a Câmara do Conselho de Segurança. Fora do prédio, a área de 7 hectares abriga parques, jardins e vários monumentos.
Entrada para visitantes na ONU está localizada na 46th Street e 1st Avenue, onde você vai passar por uma triagem de segurança. Quando passar pelos portões de entrada o visitante estará em um território internacional. Este local não pertence a apenas um país, mas a todos os países que aderiram à Organização, atualmente 193 Estados-Membros.
Estação de Metrô: Grand Central Terminal – Linhas 4-5-6-7 ou S. Caminhar para o leste na 42 Street até a 1st Avenue.

Rockfeller Center
É um complexo de 19 edifícios comerciais, erguidos na década de 1930 pela família Rockfeller e que ocupa uma área de 89 mil m2, entre 47 a 50 Streets. Atualmente é uma das principais atrações turísticas de Nova York, especialmente no inverno quando a praça principal do complexo é decorada com uma árvore de natal gigante e há uma praça de patinação. O Rockfeller Center também abriga a Radio City Music Hall e o RCA Building (atual GE Building), onde funciona a sede da NBC, em cujo estúdio é gravado o célebre programa Saturday Night Live.
O Top of the Rock é um observatório entre o 67° e 70° andares do GE Building, prédio central, com uma visão para o Central Park, Empire State Building, Chrysler Building, Times Square, Hudson River, East River, Brooklyn Bridge e Estátua da Liberdade. Muitos consideram a vista melhor que do Empire State Building.
O Radio City Music Hall é o local de espetáculos criado em dezembro de 1932. Realiza o Radio City Christmas Spectacular, uma tradição do Natal nova iorquino desde 1933, a equipe de dança The Rockettes e inúmeros shows.
Estação de Metrô: 47 – 50 Streets Rockfeller Center - Linhas D-F (Abóbora).

Saint Patrick’s Cathedral
Na cidade que nunca dorme, todo mundo precisa de um lugar para rezar.
Inspirada nas enormes catedrais góticas da Europa, foi construída entre 1858 e 1878 para grande comunidade irlandesa residente na cidade. É o ponto de partida dos desfiles da Pascoa e do Saint Patrick’s Day.
Em nenhum outro lugar de Manhanttan há um sentimento de paz e tranquilidade parecido com aquele encontrado no interior da St. Patrick’s Cathedral, ainda mais quando iluminada por velas.
Todo ano, a maior catedral católica dos Estados Unidos, recebe mais de três milhões de visitantes, que acomoda cerca de 2.200 pessoas.
Está localizada na Quinta Avenida, entre as ruas 50th e 51st, do lado oposto à estátua Atlas do Rockefeller Center.
Estação de Metrô: Rockefeller Center – Linhas B-D-F ou V.

Solomon R Guggenheim Museum
Projetado por Frank Lloyd Wright, este museu foi inaugurado em 21 de outubro de 1959. O desenho de zigurate (torre gigante com várias plataformas superpostas) invertido, com rampa circundando as paredes, é tão surpreendente hoje como foi na inauguração. O museu abriga importante coleção de arte moderna amealhadas pelo seu fundador e sua sobrinha Peggy Guggenheim no começo do século XX, com um incalculável valor artístico e monetário. Destaques para Paul Cézanne, Pablo Picasso e Max Ernst. Os objetos em exposição são dispostos ao longo de uma rampa espiral, a qual é percorrida de cima para baixo pelos visitantes.
Estação de Metrô: Linhas 4, 5 ou 6 para 86th Street. Caminhe na direção oeste na 86th Street, vire à direita na 5th Avenue e continue norte a 88th Street.

Statue of Liberty and Ellis Island Immigration Museum
Presente da França pelo centenário dos Estados Unidos, a Estátua da Liberdade, obra de Auguste Bartholdi, foi inaugurada em 28 de outubro de 1886, tornando-se Monumento Nacional em 1924. É reconhecida como um símbolo universal da liberdade e da democracia.
Em seu interior, pode-se observar uma impressionante estrutura de aço, de autoria de Gustave Eiffel. Para milhões de imigrantes, vindos, sobretudo, da Europa, fugindo da guerra e da pobreza, a estátua constituía o símbolo de uma nova vida, da liberdade.
A compra dos ingressos/passagens das balsas com destino a estátua é realizada no Castle Clinton, no Battery Park, com saídas diárias das 09:30 às 17:00 horas.
Estações de Metrô (Downtown): South Ferry – Linha 1 (vermelha); Bowling Green – Linha 5 (verde).
Após a visita a Estátua da Liberdade, a balsa lhe levará para a Ellis Island, com o mesmo ingresso.
A Ellis Island foi um local fundamental para a história dos Estados Unidos. Entre 1892 a 1924, foi a maior e mais ativa estação de imigração dos Estados Unidos, onde mais de 12 milhões de imigrantes foram inspecionados, em um processo que levava em média de 3 a 7 horas. Para a grande maioria dos imigrantes, Ellis Island verdadeiramente era uma "Ilha da Esperança", a primeira parada em seu caminho para novas oportunidades e experiências na América. Para outro, tornou-se a "Ilha das Lágrimas", um lugar onde as famílias foram separadas e indivíduos foram impedidos de entrar para o país.
No edifício renascentista de 1900, fica o comovente museu da imigração. Não deixe de ver o registro onde constam o nome e profissão dos recém-chegados, bagagens, fotos e objetos pessoais da época. Fabulosa museologia interativa.

Strawberry Fields
Uma peregrinação essencial para os fãs dos Beatles desde a morte de John Lennon, em 1980, localizado no Central Park é um tributo de estar com o homem que inspirou milhões de pessoas através de sua música e ativismo social.
Quatro meses depois de seu trágico assassinato, em 8 de dezembro de 1980, o Conselho da Cidade destinou 2,5 hectares no Central Park, nomeado depois Strawberry Fields, em referência a canção de 1967 dos Beatles "Strawberry Fields Forever".
Está localizado a poucos metros de distância do Dakota Apartments, onde o casal residia e em frente onde Lennon foi baleado.
Graças, em parte, a uma doação da viúva Yoko Ono, em 1984, dois destaques da paisagem, o Jardim da Paz e do monumento Imagine, foram criados durante o período de melhoria (1984-1985).
Endereço: West Side, entre a 71 e 74 Streets, com a entrada no Central Park West e a 72nd Street.
Estação de Metrô: 72nd Street - LinhasLinhas B ou C.

Times Square
Área de cruzamento de duas grandes avenidas da cidade e pode ser definida como uma grande praça ou largo, composta por vários cruzamentos e esquinas. Está localizada na junção da Broadway com a 7th Avenue, entre a 42nd Street West e a 47th West, na região central de Manhattan. É uma área comercial, onde todos os prédios são obrigados a instalar letreiros luminosos de publicidade. Na Times Square está localizada a NASDAQ, uma das principais bolsas de valores do mundo. Entre seus pontos comerciais mais conhecidos estão os estúdios da rede de televisão ABC, de onde o programa matinal Good Morning America é transmitido ao vivo, bem como os famosos estúdios MTV e da Virgin Records. O local possui uma das maiores concentrações da indústria do entretenimento do mundo, além de grandes lojas de famosas marcas internacionais. É também na Times que se pode assistir a uma das maiores festas de passagem de ano do planeta. Times Square significa “Praça do Tempo” e até abril de 1904 era conhecida como Longacre Square, nome original dado pelos colonizadores britânicos. O local teve o seu nome mudado em função da construção do edifício que durante muitos anos serviu para abrigar os escritórios centrais do jornal New York Times, o Times Building, hoje conhecido como One Times Square. Atualmente é o ponto turístico mais visitado do mundo, com cerca de 35 milhões de pessoas por ano, recebendo mais turistas que a Estátua da Liberdade.

Trinity Church
A Igreja da Trindade, pertencente a Igreja Anglicana, está localizada no cruzamento entre a Wall Street e a Broadway, bem no centro financeiro de Manhattan. De estilo gótico, já foi o monumento mais alto da cidade e serviu como ponto de referência para os navios que passavam. No cemitério, à sombra de carvalhos centenários, repousam personalidades dos Estados Unidos do período colonial.
Estação de Metrô: Wall Street – Linha 4 e 5 (verde).

Trump Tower
É um arranha-céu com 202 metros de altura e 58 andares, construído pelo milionário e empresário do setor imobiliário Donald Trump e inaugurado em 1983. A exuberante torre eleva-se sobre um pátio interno e tem um átrio, com altura de seis andares, revestido de mármore italiano rosa e cascata de 25 metros. Um grande terraço arborizado no quinto andar é simplesmente maravilhoso. Conhecido pelo seu luxo, é a sede da rede televisão NBC, onde é gravado o programa O Aprendiz e a sua famosa sala de reuniões.
Endereço: 725, 56th Street e 5th Avenue
Estação de Metrô: 57 Street - Linha F.

Wall Street
Centro do mundo financeiro, esta rua se encontra no local onde os holandeses construíram um muro em 1653, para se proteger dos índios e mais tarde dos ingleses.
O coração do Mercado de Capitais fica na esquina da famosa Wall Street com a Broad Street e onde está localizada a New York Stock Exchange (NYSE), a Bolsa de Valores de Nova York.
A rua estreita é característica de Downtown e acentua a altura dos arranha-céus.
Estação de Metrô: Wall Street – Linha 4 e 5 (verde).

Washington Square Park
Próximo de Greenwich Village e do SoHo, era um pântano e área de caça. Hoje, no verão, o parque ganha vida com músicos, encontro de boêmios, jogadores de xadrez, artistas de rua e estudantes. No norte do parque está o Washington Centennial Memorial Arch, de 1892, erguido para comemorar o centenário de posse do presidente George Washington. Ao redor de Washington Square North, estão alguns dos melhores exemplos da arquitetura grega.
Estação de Metrô: West 4th Street – laranja. Washington Square A, B, C, D, E e F.

Outras atrações que você pode se interessar
Veja os links:


Nenhum comentário:

Postar um comentário