quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Guia de Viagem a Paris - Dicas e Informações de viagem a Paris




 Paris! Quem ainda não foi, nunca deve deixar de sonhar com a possibilidade. A capital francesa merece figurar na lista das viagens memoráveis da vida de qualquer pessoa. É desses lugares que encantam todos os tipos de turistas, em especial os que chegam preparados para aproveitar ao máximo sua estada, com boas dicas e informações precisas.

Em visita a Europa, deixe Paris como a última cidade. Caso contrário, as outras não terão a menor graça.

"A mais bela cidade do mundo é agora ainda mais bela."
Não foi por outro motivo que a Lonely Planet escolheu Paris como a cidade mais recomendada para visitar em 2014.

Com o seu eterno glamour, Paris está renascendo com seus projetos para reduzir o número de veículos nas ruas, a revitalização das margens do Rio Sena, com a construção de calçadões e ciclovias, os jardins flutuantes em ilhas artificiais, entre outras mudanças.

A cidade é dividida em 20 distritos, ou arrondissements, organizados em espiral, ou escargot, da esquerda para a direita. Os distritos 1 a 6 são os mais centrais.
Falaremos, com detalhes, de cada distrito em postagem especifica.

Click em "Mais Informações" abaixo


Veja aqui o Mapa da Cidade de Paris

Planejamento da viagem

Documentação


Passaporte
Passaporte válido por, no mínimo, três meses contados da data de retorno ao Brasil. Atenção, pois a validade de três meses deverá ser somada ao tempo de permanência.

É recomendável tirar duas cópias do passaporte onde constam os dados pessoais e do documento e vistos existentes. Uma deve ficar com o companheiro(a) de viagem e outra em local diferente do original. Em caso de perda do original, a cópia vai facilitar a obtenção da autorização para retorno ao Brasil, obtida no Consulado ou Embaixada.

Visto
Não é necessário visto prévio para entrar na França, se o seu período de permanência foi de até 90 dias. A autorização será dada após a entrevista na imigração. Para prazos maiores (visas de long séjour) consulte o site do Ministério do Interior da França

Seguro de viagem
Por fazer parte do Tratado de Schengen, o seguro de saúde é obrigatório na Franca, e é preciso comprovar assistência de viagem.
O Tratado de Schengen é um acordo assinado entre países da Comunidade Europeia - Veja aqui todas as informações - que estabelece a obrigatoriedade de que os turistas visitando esses países comprovem possuir uma Assistência a Viagens com valor mínimo de 30.000, para garantir assistência médica por doença ou acidente.
Ao comprar as suas passagens pelo VISA (Platinum ou maior), terá direito ao seguro gratuitamente. Basta entrar no site VISA e preencher as informações para emissão do Certificado de Seguro, ou telefonar para 0800.891.3679 ou ainda enviar e-mail para benefits@ap-visa.com
Outras opções:
- Banco do Brasil – sendo cliente pode fazer com o seu Gerente. O custo é muito baixo.
- empresas especializadas em seguros de viagens:
Acessar o site: Comparador de seguro, antes de comprar.
- não deixar de consultar também agências de viagem, que fecham negócios com operadoras de seguros e podem ter preços melhores.
Antes de fechar negócio, leia a proposta e confirme se as coberturas atendem ao Tratado de Schengen - valor mínimo de 30.000.

Passagem
Para obter melhores preços, faça a sua reserva com antecedência de 60 a 90 dias, principalmente se sua viagem é para época de alta estação.
Tenha cuidado com passagens muito baratas, pois pode significar várias conexões, tornando a sua viagem cansativa, sem falar na perda de tempo.

Importante: Se a sua viagem for com conexão em outro país, observe um tempo mínimo de três horas entre os voos. Você terá que passar pela imigração, alfândega, retirar as bagagens e fazer novo embarque. É melhor aguardar um pouco no free shop do que ter que pagar uma hospedagem e nova passagem.

Informações de aeroportos que você pode utilizar:
Aeroporto de Lisboa em tempo real

Hospedagem
Para um melhor aproveitamento da viagem, é recomendável hotéis localizados nas zonas próximas as melhores atrações turísticas, como por exemplo:
Louvre, Marais, Quartier Latin, Saint Germain de Prés, Champs Elysées, Basttille e Montmartre.
Quanto mais central for a localização do hotel, melhor.
Para obter melhores preços, faça reserva com no mínimo dois meses de antecedência.
Os preços de hotéis em cidades turísticas são sempre maiores nos finais de semana. Quanto você pede um orçamento que inclua sexta, sábado e domingo o preço informado é uma média do período.
É importante confirmar, diretamente com o hotel, a reserva com 20 dias de antecedência da viagem. Telefone ou mande um e-mail.



Quando ir
Cada mês tem o seu charme.
De novembro a fevereiro as temperaturas podem cair para abaixo de 0º C.
Março pode ter dias lindos, porém acontecem chuvas frequentes.
Abril e maio são os meses ideais. Nem muito frio, nem muito calor.
Entre junho a setembro as temperaturas podem registrar acima de 30º C.
Em julho e agosto os locais vão para a praia e dão lugar aos turistas.
A partir de setembro as árvores ganham folhas amarelas, a cidade fica mais ventilada e mais agradável.
Escolha a época que mais lhe agrada.

Quanto tempo ficar
Em uma semana é possível conhecer as principais atrações, caminhar por diversos bairros, visitar alguns museus e ainda ir ao Castelo de Versalhes.
Para tanto, basta ler as postagens deste Blog.

Língua
Se você fala o francês, ótimo. Se fala o inglês ou espanhol, resolve o problema em hotéis, restaurantes, lojas, museus e outras atrações turísticas. Se não fala nenhuma das línguas citadas também não se preocupe. Estude o funcionamento do metrô, o mapa da cidade, a localização das atrações e algumas palavras e frases que estão na Guia “Como dizer tudo em viagem” deste Blog. É bem provável que não sairá fazendo perguntas.

Quanto levar em dinheiro / cartões
A moeda da França, e de mais 14 dos 27 países membros da União Europeia, é o Euro (€). As notas são de 5, 10, 20, 50, 100, 200 e 500. Já as moedas são de 1 e 2 euros, 1, 2, 5, 10, 20 e 50 cents.
Todos os bancos e muitos hotéis fazem o câmbio de moedas estrangeiras, mas estes aplicam as piores taxas, enquanto os bancos cobram uma porcentagem razoável pela troca.
Os custos de uma viagem para Paris dependem de diversos fatores, muitos deles completamente subjetivos. Ou seja, quem pergunta deve ter em mente os objetivos de sua viagem. Há quem vá para Paris e gaste o mínimo: um sanduíche no supermercado, uma garrafinha de água para o dia inteiro, duas passagens de metrô e uma diária de albergue. Por outro lado, tem quem despenda dez vezes mais, com hotel caro, refeições em belos restaurantes e corridas de táxi.
Podemos estimar, sem considerar extravagâncias, com hotel pago e cartão de Metrô carregado para uma semana, €100,00, por pessoa, por dia, como factível para refeições, umas cervejinhas, vinhos, quando frio, e atrações.

Desbloquear cartões de crédito para uso no exterior, antes da viagem, e anotar os números e telefones das pessoas de contatos, ou tirar cópias dos mesmos. Deixar uma cópia em casa e outra em local diferente do original durante a viagem.
Muito cuidado com os cartões, pois o chip e senha não funcionam no exterior. Em caso de perda, pode ser utilizado facilmente por outra pessoa.
As compras com o Cartão de Crédito, Débito ou com Travelcards, serão taxadas em 6,38% de Imposto sobre Operações Financeiras – IOF.

Se o valor do câmbio para compra de euros no Brasil for vantajoso (compare com o câmbio oficial), utilizar dinheiro em espécie é recomendável para turistas brasileiros, principalmente depois do aumento nas taxas do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) nas compras com cartões. Deve-se, entretanto, observar os cuidados necessários para transporte e manuseio da moeda.

Dica: Compre um pequena pochete doleira, coloque os seus euros e use por dentro da calça (sem moedas para evitar perrengue no raio X.)

Tomada elétrica
O plugue padrão dos aparelhos elétricos na França tem dois pinos redondos e é assim:



Além disso, a voltagem é 230V, 50 Hz. Logo, se você quiser levar seus aparelhos elétricos e eletrônicos para Paris, precisará de um adaptador para a tomada e um transformador para a voltagem, exceto para Ipad, notebooks e celulares que são bivolt. Os adaptadores podem ser comprados em Paris em várias lojas para turistas e de eletrônicos.
Não é necessário levar secador de cabelos, pois os hotéis disponibilizam.

Telefones
Solicitar roaming do seu telefone celular, para qualquer eventualidade, ciente que é muito caro.
Leve o seu celular desbloqueado e ao chegar a Paris (aeroportos Orly ou Charles de Gaulle), vá até uma das lojas Relay (lojas de revistas e livros) e compre a “carte SIM prépayée Lebara” - o chip pré-pago. Precisa ativar pelo site https://www.lebara.fr/activation (use os 15 minutos gratuitos de internet que o aeroporto oferece).


Pode-se também comprar o chip em uma das lojas SFR e Orange em vários locais de Paris.

Tem a opção de ligar Embratel a cobrar em qualquer telefone público - 0800 99 00 55.

Só faça ligação pelo telefone do hotel em última hipótese. É um absurdo.

Bagagem
Bagagem de mão adequada para ser transportada no compartimento fechado por cima do lugar do passageiro ou por baixo do assento, com dimensões máximas de 115 cm: 55x40x20 cm.
Classe Econômica: 1 peça até 8 kg
Classe Executiva: 2 peças com peso total de 16 kg
A franquia de bagagem despachada gratuita transportada no porão pode ser estabelecida com base no peso ou no número de peças a transportar.

Seguindo normas internacionais para as condições de Segurança e Saúde no Trabalho, a TAP, por exemplo, não transporta malas/volumes com mais de 32 kg. As malas/volumes com mais de 32 kg têm de ser transportadas como carga.

Identificar as malas, por dentro e por fora, com nome, endereço completo e telefones no Brasil e em Paris;

Medicamentos – Levar na mala de mão os necessários para usar durante a viagem. Demais na mala despachada.

Bagagem despachada – se for viajar acompanhado, colocar em cada mala roupas dos dois viajantes. Caso uma seja extraviada haverá roupas para os dois.

Bagagem de mão – levar um conjunto de roupa para qualquer eventualidade.


Pinças, tesouras, cortadores de unha, cremes, shampoo e perfumes devem estar na mala despachada.



Como arrumar a sua mala
Ver mais informações sobre bagagem na postagem sobre o assunto neste Blog.

Consulado brasileiro em Paris
Endereço: 65, Avenue Franklin Delano Roosevelt - 75008
Fax: +33(0)1 45 61 19 82
E-mail: consulat@cgbresil.org - Este endereço de email está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email - Metro: Franklin Roosevelt - linha 9 e 1 - Ônibus: 80, 83, 93.
Em situações graves e de comprovada emergência (acidentes, mortes, prisões), o Consulado-Geral poderá ser contatado pelo telefone +33 6 80 12 32 34.
Nos casos de furto, roubo, perda do passaporte acesse - Consulado Brasileiro em Paris

Embaixada brasileira em Paris
Endereço: 34, Cours Albert 1er - 75008
Tel.: +33 1 4561-6300
Fax: +33 1 4289-0345 / 5375-0546
E-mail: setorconsular@bresil.org

Consulados Francês no Brasil
http://consulados.com.br/franca/

Fuso horário
Paris está 4 horas à frente do horário de Brasilia. No horário de verão no Brasil a diferença é de 3 horas. Observe se o seu Estado faz parte do horário de verão.


Veja o Post sobre Fuso horário.

Imigração
A fila de imigração normalmente é separada em duas. São elas:
- Passaportes da União Europeia (EU).
- Todos os outros passaportes.
Sendo o seu passaporte brasileiro entre na fila única e aguarde sua vez.
Não falar ao celular, evitando ser chamado a atenção.
Apresentar ao Oficial da Imigração o Passaporte e o formulário de imigração, que será entregue durante o voo e deve ser preenchido ainda no avião. As perguntas são todas simples. Ainda no Brasil, veja no site do hotel o endereço e guarde para preencher no formulário.

Algumas dicas:
- Retire seu passaporte de qualquer capa protetora que esteja usando. Muitos oficiais não gostam de recebê-lo assim. Entregue apenas o passaporte e o formulário.
- Leve impressa a reserva do seu hotel e passagem aérea de volta.
- O seguro de viagem, que é obrigatório para entrar na Europa (ver item acima sobre Seguro de Viagem).
- Não entregue nada que não tenha sido solicitado.
- Responda as perguntas diretamente e sem enrolação.
- Familiares poderão fazer a imigração juntos. Amigo, namorado ou qualquer pessoa sem parentesco deverá passar sozinho pela imigração.

Se não souber falar a língua do local de imigração, peça ajuda ao Oficial.

Perguntas que podem ser feitas: (use o tradutor do Blog para o francês)
Qual o motivo de sua estada – Responder turismo / passeio / férias;
Quando tempo pretende ficar – Responder quantos dias;
Onde vai ficar – Informar o nome do hotel e endereço;
Qual a sua profissão – Informar a sua profissão;
Quantos Euros está trazendo – Informar o valor real;

Transporte
A melhor forma de conhecer Paris é a pé, de metrô e de bicicleta.

Alugar um carro só vale a pena para quem deseja conhecer as áreas fora do centro de Paris. Estacionar na cidade é caro e trabalhoso e o trânsito bastante complicado.

Quem preferir pedalar encontrará o maior sistema de aluguel de bicicletas, mantido pelo governo, o Vélib. Há uma estação a cada 300 metros na região central da cidade. São 371 km de ciclovias, seguros.

Metrô
O sistema de metrô de Paris tem 112 anos, 214 km de extensão e 300 estações e é considerado um dos mais eficientes do mundo. É composto por 16 linhas, identificadas por cores e números de 1 a 14, com duas linhas menores, a 3bis e a 7bis, que se separam das linhas originais 3 e 7. Adicionalmente, existem as linhas RER – Réseau Express Régional, nomeadas pelas letras de A a E, que complementam e se integram ao sistema.

Veja a distribuição das linhas:
Linha 1: La Défense ↔ Château de Vincennes
Linha 2: Porte Dauphine ↔ Nation
Linha 3: Pont de Levallois ↔ Gallieni
Linha 3-Bis: Gambetta ↔ Porte des Lilas
Linha 4: Porte de Clignancourt ↔ Porte d'Orléans
Linha 5: Bobigny-Pablo Picasso ↔ Place d'Italie
Linha 6: Charles de Gaulle-Étoile ↔ Nation
Linha 7: La Courneuve-8 Mai 1945 ↔ Villejuif-Louis Aragon/Mairie d'Ivry
Linha 7-Bis: Louis Blanc ↔ Pré Saint Gervais
Linha 8: Balard ↔ Point du Lac
Linha 9: Pont de Sevres ↔ Mairie de Montreuil
Linha 10: Boulogne - Pont de Saint Cloude ↔ Gare d'Austerlitz
Linha 11: Châtelet ↔ Mairie des Lilas
Linha 12: Porte de La Chapele ↔ Mairie d'Issy
Linha 13: Asnières Genevilliers Les Courtilles/Saint Denis Université ↔ Chatillon - Montrouge
Linha 14: Saint-Lazare ↔ Olympiades
Veja no mapa abaixo que o sistema é dividido por zonas, sendo a zona 1 mais central, e a zona 5 mais periférica. As principais atrações turísticas estão localizadas nas zonas 1, 2 e 3. O Palácio de Versalhes está na zona 4 e a Disneyland está na zona 5. Atenção especial na compra dos passes para as zonas 4, 5 e para o RER. Você não vai conseguir sair da estação se estiver usando passes para as linhas 1, 2 e 3.


Veja aqui um Mapa Metrô Paris

Você pode imprimir o mapa ou obte-lo, gratuitamente, nos guichês das estações.

Horário de funcionamento do metrô: de domingo à quinta-feira das 06:00 às 00:30 hora. Nas sextas-feiras e sábados das 06:00 às 02:15 horas da manhã.

É importante que a cada dia você faça um planejamento das visitas utilizando o mapa do metrô. Nada de ir entrando nas estações sem saber para onde quer ir. Vai perder tempo e atrapalhar os locais que estão a trabalho.

O metro de Paris faz conexão com o Aeroporto Internacional de Paris (Charles de Gaulle) e também com o sistema ferroviário europeu. Você chega ao seu destino pela linha B do sistema RER – Réseau Express Régional, através de várias estações que possuem ligações com linhas de metro.

Chegando através dos trens na estação Gare du Nord, existem conexões com linhas de metro e RER, chegando ao seu destino com facilidade.


Chegando pelo aeroporto de Orly pode também utilizar o sistema RER, linha B. Como a estação do RER não se encontra dentro do aeroporto, é necessário se deslocar pelo Orlyval, um metrô automático, que liga os dois terminais de Orly (terminal sul e terminal oeste). A estação se encontra na cidade de Antony, que fica a apenas 8 minutos.
Por questões de segurança, as portas do metrô não são automáticas. Você terá que apertar um botão ou puxar uma manivela para abrir.

Atenção: guarde o seu bilhete até o final da viagem, pois pode ser solicitado por agente do Metrô, como forma de controle. Se estiver no RER, você precisará do bilhete para sair da estação.

Veja as opções de bilhetes que você pode utilizar:

Single Ticket

Bilhete único e só vale a pena de você estiver visitando a cidade por no máximo dois dias. Podem-se fazer várias conexões dentro das estações. Se sair, tem que comprar outro. O custo de uma viagem é de €1,70 e é válido para metro, ônibus e RER da zona 1 e 2.

Carnet com 10 bilhetes
10 bilhetes para fazer 10 viagens, com custo menor. Semelhante ao Single Ticket, você poderá fazer quantas conexões precisar em um período de 90 minutos, sem sair da estação. Se for usar muito o metrô num mesmo dia, não é vantajoso. Avaliar a compra do Paris Visite. Custa de €13,70 e é válido para metro, ônibus e RER da zona 1 e 2.

Paris Visite
Bilhete especial com acesso ilimitado ao transporte público, podendo ser usado por até 5 dias consecutivos. Você escolha o número de dias. Se for ficar por 6 ou 7 dias, terá que complementar os dias restantes com o Single Ticket.
O Paris Visite oferece redução de preços em algumas atrações turísticas, como o passeio pela Sena.
Veja os preços neste link

Pass Navigo Découverte – Para qualquer passageiro, basta preencher um formulário de inscrição que pode ser encontrado em lojas credenciadas ou na própria agência da RATP. O bilhete é acompanhado de um cartão individual com a foto da pessoa. O Plano semanal do bilhete custa € 18,35 estando na zona 1 ou 2. Existe também o plano mensal.
Pela burocracia, acho que não vale a pena para quem vai ficar uma semana

Mobilis

É um bilhete ilimitado para um único dia e tem a opção para as zonas 1-3, 1-4 ou 1-5, em dias diferentes.
O preço depende da zona de abrangência. Veja neste link.

Paris Pass

Combina o Paris Visite, o Paris Pass Museum e também o hop-on hop-off.
Você pode comprar pela internet, retira em um local determinado e já vêm com tudo que você precisa para conhecer os principais pontos de Paris, nas zonas 1, 2 e 3. Para ir ao Palácio de Versalhes, que fica na zona 4, ou para a Disneyland, que fica na zona 5, terá que pagar um single ticket da Linha RER.
O preço vai depender da quantidade de dias que você for comprar.
Veja os preços dos passes do metro aqui
Veja mais informações sobre passes aqui

Vídeo como comprar bilhetes nas máquinas novas:




Ônibus
As linhas de ônibus são numeradas e grande parte funciona de segunda a sábado das 6h30 às 20h30.
A cidade opera 200 linhas de ônibus, com horários que variam conforme a linha.
O sistema é operado pela RATP, o que significa que o mesmo bilhete também pode ser utilizado no metrô. Os motoristas também vendem bilhetes simples, que precisam ser validados.
É importante manter o bilhete sempre à mão durante a viagem, pois inspetores costumam checar e aplicam multas em quem não apresentar.
Algumas linhas circulam à noite até às 0h30 ou mais tarde.
Provavelmente você não vai precisar andar de ônibus.
Ônibus noturno (Noctilien)
Mais de 45 linhas de ônibus todos os dias, entre as 0h30 e as 5h30 da manhã. Esta rede permite a circulação em Paris e em um raio de até 50 km em seu entorno (aeroporto de Paris – CDG inclusos). Tarifa em função do trajeto. www.noctilien.fr

Tramway (Bonde moderno)
Paris e seus subúrbios são ligados por 3 linhas de tramway:
• T1 (Asnières-Gennevilliers-Les Courtilles – Gare de Noisy-le-Sec RER): de segunda a quinta, das 5h30 às 0h37; sexta e sábado, das 5h30 à 1h37 e domingo e feriados, das 6h30 às 0h37.
• T2 (Pont de Bezons – Porte de Versailles): de segunda a quinta, das 5h30 às 0h10; sexta e sábado, das 5h30 à 1h10, e domingo, das 6h30 às 0h10.
• T3a (Pont du Garigliano – Porte de Vincennes): de segunda a sexta, das 4h50 às 0h26; sábado, das 4h50 à 1h35, e domingo, das 5h50 às 0h35.
• T3b (Porte de Vincennes – Porte de la Chapelle): de segunda a quinta, das 5h30 às 0h30; sexta e sábado, das 05h30 à 1h30, e domingo das 6h30 às 0h30.


Taxis
Há pontos de taxis espalhados por toda a cidade. No entanto, o preço da rodada é bem mais caro que os bilhetes de ônibus e metrô, sem contar o trânsito nos horários de pico, o que pode aumentar o valor final. Você pode utiliza-lo na madrugada, quando o metrô já não funciona, e é mais seguro que ficar aguardando um ônibus e depois caminhar para o hotel.


Se você não tem o domínio da cidade, recomendo, na madrugada, peque um taxi.


Ao chamar um taxi, observe o painel luminoso no teto do veículo. Se houver uma luz amarela significa que há passageiro. Se o motorista não estiver trabalhando o painel fica coberto.


Os taxis cobram por mala transportada e não há necessidade de gorjeta.


Batobus
É um meio de transporte agradável e barato. Trata-se de um ônibus-barco que você pode embarcar e desembarcar quantas vezes quiser, em um mesmo dia (Hop on, hop off).


Não se trata de barco de passeio turístico, o bateaux mouche, porém pode lhe atender para passeios, sem as vantagens oferecidas pelos bateaux (ver post sobre atrações turísticas).


Os tickets são validos por 1, 2 ou 5 dias. Veja estações, preços e mais informações aqui Batobus

Leve em consideração a sua segurança
Ao viajar no metrô ou andar em locais movimentados, esteja alerta.
Deixe a sua bolsa junto ao seu corpo no metrô, restaurante, ou café ao ar livre.
Ao pendurar seu casaco no cabideiro de um restaurante, certifique-se de não deixar nada de valor nos bolsos do casaco, como seu celular.
Nada de deixar bolsas e carteiras na mesa ou cadeira no restaurante do hotel, para ir se servir.
Sempre esteja ciente das coisas ao seu redor e aja de acordo. Não mexa na sua bolsa, ou conte o dinheiro da carteira durante uma viagem de metrô, ou em pé no meio da rua.
Se você sair do caminho principal, as chances são de você acabar chegando em uma área mais pesada e desprivilegiada do que as partes turísticas da cidade. Se planeje para saber aonde está indo. Tenha os mapas da cidade e do metrô em mãos ou faça download para o celular ou tablet.

É comum na rua aparecer pessoa a sua frente com um anel perguntando se é seu. Polidamente, desconverse e siga, pois é problema.


Ao chegar na parte baixa de Montmartre existem várias pessoas com um cordão querendo medir o seu dedo. Da mesma forma polida, agradeça e siga o seu destino.

Dicas
Localize supermercados próximos ao seu hotel, onde você pode comprar água, sucos e lanches baratos e levá-los. Os preços nos hotéis são abusivos.

Não mantenha o contato visual com estranhos no transporte público, pois isso é considerado rude. Conversas altas também são irritantes para os outros passageiros, bem como conversas no celular.

Levar a mochila nas costas também é rude nos trens: leve nas mãos, ponha no chão aos seus pés, ou virada para frente no seu corpo.

Certifique-se de escolher um hotel com um bom sistema de ar condicionado, durante o verão, já que muitos quartos de hotel não possuem ventilação.

Pare num jornaleiro e compre algumas revistas. Elas são ótimas para ter uma ideia do que está acontecendo atualmente na cultura.

Veja na recepção do hotel revistas e folders que vão lhe ajudar nos passeios.

Para obter folhetos, mapas e mais informações sobre eventos em Paris, vá ao Office du Turisme e des Congrés de Paris, próximo ao Jardin des Tuileries, ou procurar outros pontos de turismo, na Torre Eiffel, no Carrousel du Louvre, na Gare de Lyon, em frente à estação Anvers do metrô, no Ópera, e no Paris Expo Exhibition Centre, em Versailles.

Outras informações  
Banco do Brasil
Endereço: 29 Avenue Kléber, 75116 Telefone: +33 1 40 53 55 00 – Próximo ao Arco do Triunfo.
Estação de Metrô – Kleber.
Horário funcionamento: das 10:00 – 12:00 horas - 13:30 – 16:00 horas.
Telefones emergenciais
- Polícia: disque 17;
- Bombeiros: disque 18;
- Atendimento médico urgente: disque o 15 – Samu – 24h/24
- Atendimento médico sem urgência: disque 01 47 07 77 77 - SOS Médecins – 24h/24 ou então Urgences Médicales de Paris – 01 53 94 94 94 – 24h/24.
- Acidente com feridos, no domicílio ou na rua: disque 18 – corpo de bombeiro – Pompiers
- Atendimento dentário urgente: 87 boulevard du Port Royal 75013 Paris – metrô Port Royal
- Número para todas as situações de emergência na Europa, para celulares: 112
- Farmácias abertas 24h/24:
- 84 avenue des Champs Elysées 75008 Paris
- 6 place de Clichy 75009 Paris.

Nenhum comentário:

Postar um comentário