segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Guia de Viagem - Pacote, excursão ou conta própria?


A escolha de como viajar vai depender do destino escolhido e de sua personalidade. Há casos em que o pacote vai ser uma boa alternativa, outros em que a excursão vai ter o seu lugar ou por conta própria, que pode ser mais agradável e recompensador.
Veja como funciona cada um:


Pacote
Operadoras fazem acordos com companhias aéreas e bloqueiam apartamentos em hotéis, oferecendo um preço normalmente mais baixo.
Uma empresa vai organizar tudo para você antes da viagem. O durante é por sua conta.
Você não tem trabalho quase nenhum além de escolher um dos hotéis oferecidos. Um city tour para ambientação costuma estar incluído.
É provável que você consiga preço melhor em relação a ir por conta própria. Isso vai depender da agência conseguir um bom preço na parte aérea, a parte mais pesada da viagem.
Você pode fazer as coisas no seu horário e no seu ritmo. 
A seleção de hotéis é limitada. A distribuição de hóspedes pelos hotéis na chegada e o recolhimento de todos na saída pode comer boa parte do primeiro e do último dia.
Você é induzido a comprar os passeios “opcionais” com o receptivo da empresa.
Voos fretados podem ter horários esquisitos ou ser remarcados em cima da hora.
Se você não fala inglês ou tem receio de se aventurar, pode ser um problema, pois lá você vai ter que se virar sozinho e pode se sentir inseguro. Se hospedar, comer, comprar, pegar carro. Vai ser tudo por sua conta.
Você vai ter que estudar os roteiros e organizar tudo para não chegar lá totalmente perdido e nem saber o que visitar. 
Os preços mais apetitosos aparecem nos pacotes que usam vôos fretados. Na ponta do lápis, pacote nunca é mau negócio em praças onde as operadoras brasileiras tenham força junto à rede hoteleira.
Mesmo se você for comprar pacote, não deixe de fazer as mesmas pesquisas que você faria para viajar por conta própria. Você estará em condições muito melhores de fazer suas escolhas e saberá que atividades fazer de maneira independente. Outra dica que vale quase sempre é não optar pelo hotel mais barato; normalmente é só um chamariz. Tente extrair do vendedor a informação “qual é o que não dá reclamação?”.
 
Excursão
Uma empresa vai organizar tudo para você antes e durante a viagem e haverá um ou dois guias acompanhando o grupo de, normalmente, no máximo 40 pessoas. Passagem, ingresso, transporte etc, serão organizados e providenciados pela empresa.
Você não se preocupa com nada. Não precisa encontrar o endereço do hotel, nem vai dar de cara com uma atração fechada. Roteiros mirabolantes, impossíveis de fazer com suas próprias pernas, ficam magicamente factíveis.
Se você gosta de conhecer novas pessoas ou está sozinho, é um bom modelo, pois você terá a chance de fazer amigos durante o período da viagem.
Se você não fala inglês, ou outro idioma, também é um bom formato, pois o guia pode auxiliá-lo até para pedir sua comida.
Provavelmente terá maior garantia de ver o maior número de boas atrações.
Os roteiros convencionais tentam entupir os seus dias na estrada com o maior número possível de cidades e países, resultando em vários city tours, com mais tempo no ônibus do que em terra firme. É preciso conviver com um grupo fechado, em que é inevitável o aparecimento de personagens como o engraçadinho e o reclamão.
Normalmente é o modelo mais caro. Já que alguém está fazendo tudo por você, esse alguém precisa ganhar para isso. Já logo de cara tem o preço do guia, com hospedagem e alimentação dele. 
Praticamente você só fará o que os outros 39 fizerem. Mesmo que seja permitido se separar do grupo, você deverá sair, chegar, acordar, tomar café... no mesmo horário do seu grupo.  
Com excursão você vai ver muitas atrações, mas não aproveitará outras fontes de diversões: restaurantes legais, fotos com personagens, lojas... Essas coisas excursão não te leva.
A agência vai lhe oferecer uma meia pensão (almoço ou jantar). Avalie antes de aceitar, pois o preço é mais que o dobro do preço do restaurante, sem falar que você não poderá escolher o que vai comer. Você pode ir com o Grupo, escolher o que vai comer e pagar separado.
Excursões só fazem sentido em países “difíceis”, como Egito, Índia, Irã, Rússia…ou quando são organizadas em torno de roteiros temáticos, com guias especializados e público homogêneo. Se justifica em caso de pânico de viajar sozinho ao exterior.
 
Por conta própria
Você monta o seu roteiro, pesquisa preços e faz todas as reservas, sozinho ou com ajuda de um agente de viagens.
Nunca foi tão fácil produzir uma viagem independente. Está tudo na internet: os voos, os hotéis, os carros, as opiniões de outros viajantes. Você tem acesso às ofertas e pode se hospedar em hotéis que não são oferecidos pelos pacotões. E no processo de pesquisa, acaba aprendendo muito sobre o destino que vai visitar, o que proporciona uma viagem mais rica e satisfatória.
O preço vai depender da negociação que a empresa de turismo conseguir. Ás vezes eles terão preço melhor e ás vezes pior. Vai ter que pesquisar.

Você terá total liberdade de ir e vir. Tudo no seu horário e no seu ritmo.
Dá um trabalho danado, sobretudo nas primeiras vezes. Qualquer desatenção no preenchimento de datas pode resultar em multas ou gastos não-reembolsáveis.
Você terá que organizar tudo, e pode correr o risco de esquecer alguma coisa, então precisará de atenção total aos detalhes. Terá que se informar muito bem e estudar todos os detalhes do local.
Quem se diverte montando uma viagem por conta própria (e viu que consegue melhorar sua viagem desta maneira) dificilmente viaja de outro jeito.
Lembre-se de que não é humanamente possível realizar sozinho os roteiros mirabolantes das excursões. Cheque três vezes a data antes de dar o “enter” de qualquer compra pela internet. Para comprar passagens aéreas internacionais, use um agente de viagem ele tem acesso a ferramentas que não estão disponíveis ao consumidor final, e além de descobrir os dias mais em conta pode rentabilizar a sua tarifa em voos de continuação. E se você se sente inseguro para fechar negócios na internet, faça sua pesquisa e entregue para o agente aparar arestas e fazer as reservas. 
Leia todas as informações neste Blog e viaje tranquilo em qualquer das opções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário