sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Ligações internacionais

Roaming internacional é sinônimo de gastos altos com celular. Se quiser comidade, faça, caso contrário veja algumas opções abaixo:


Roaming
É a capacidade de o celular funcionar em redes compatíveis, mesmo fora do país de origem. O celular utiliza a rede do país visitado para trafegar suas informações. É necessário que exista um acordo de Roaming entre a operadora que você usa no Brasil e a operadora do país visitado.
É necessário solicitar a ativação do serviço junto à sua operadora antes de sair do Brasil.
Só vale a pena nos casos de emergências, pois as tarifas para ligar, receber (você paga quando receba a ligação) e usar a internet, são muito caras. Se for mandar ou receber mensagens de dados também é muito caro.
Se for solicitar o roaming, desligue o modo de dados. Você pode usar o WhatsApp com o wi-fi do hotel onde vai ficar (na recepção eles dão a senha) ou no McDonald’s. Antes de viajar, consulte os sites Wefi.com (mapa interativo que referencia os pontos WiFi e hotspots em várias cidades do mundo) e Openwifispots.com (lista os acessos Wi-Fi gratuitos nos Estados Unidos, Canadá, Europa e Austrália).
Quanto custa o pacote?
TIM – Veja aqui as informações de coberturas e roaming -> TIM
VIVO - Veja aqui as informações de coberturas e roaming -> VIVO
CLARO – Veja aqui as informações de coberturas e roaming -> CLARO

Chips locais pré pagos
Quando chegar ao seu destino procurar lojas das operadoras locais (ou nos sites abaixo) e pedir um SIM Card (chip é no Brasil). O seu celular precisa ser desbloqueado. Analisar os planos disponíveis, que podem incluir ligações internacionais, locais, SMS e dados. Na própria loja o SIM Card pode ser inserido e você já sai falando. O número é o local e não o seu do Brasil.
Vale muito a pena, pois o preço é bem vantajoso quando comparado com o roaming internacional.
Quanto custa?
América do Sul -> MOVISTAR
Europa -> VODAFONE
Europa -> O2
Europa -> ORANGE
Internacional -> LEBARA
Internacional -> T-MOBILE
Internacional -> AT&T


Mais informações
SIM Card em Londres
Localize umas das inúmeras lojas das operadoras - Three, Virgin, T-Mobile, O2, Vodafone e Orange, ou dirija-se a uma das lojas “genericas” de telefonia espalhadas pela cidade, como a Carphone Warehouse ou a Phones 4 You, que estão espalhadas por todas as esquinas de Londres e que vendem todas as operadoras e planos ao mesmo tempo, podendo comparar  as vantagens de cada uma.  Lá mesmo você compra seu chip e, se der sorte, eles mesmos instalam no seu celular e você já sai da loja falando.

No desembarque do aeroporto de Heathrow, onde retira as malas, você verá uma máquina automática SIM CARD (tipo aquelas que vendem salgadinhos e refrigerantes) com todos os tipos e opções de Sim Card que precisar.
SIM Card em Paris
Ao chegar a Paris (aeroportos Orly ou Charles de Gaulle), vá até uma das lojas Relay (lojas de revistas e livros) e compre a “carte SIM prépayée Lebara” - o chip pré-pago. Ela custa 9,90€ e já vem com 5,00€ de créditos para ligações e SMS e outros 2,50€ que são creditados quando se faz a primeira recarga. Precisa ativar pelo site LEBARA (use os 15 minutos gratuitos de internet que o aeroporto oferece).
Pode-se também comprar o chip em uma das lojas SFR e Orange em vários locais de Paris.
Chip USA
Acesse o site Readysim e veja um plano adequado para a sua viagem.  Falam em melhores preços das operadoras AT&T e T-Mobile e mandam o chip para o seu endereço no Brasi.
A Celtravel, no Rio de Janeiro, também entrega o chip na sua residência e você já chega nos Estados Unidos falando.
Outras opções:
- Chip da empresa MaxRoam. Ele vai funcionar em 230 países automaticamente, com preços muito próximos dos praticados pelas operadoras locais, inclusive pós-pagos. Você compra via internet e recebe pelos Correios. A compra é fácil: você escolhe o seu tipo (SIM - só para celular, para Ipad, internet para celular e até um próprio celular novo com chip) e qual crédito gostaria de ter (10€, 20€, etc). Dá para calcular mais ou menos as tarifas que você vai pagar através do site, bastando informar para onde vai viajar (“I’m Roaming In”) e para onde vai fazer a maior parte das ligações (“I’m calling to”).
Você pode acompanhar toda a sua movimentação online com um extrato detalhado na sua conta, como duração, número e valor de cada chamada, atualizado automaticamente e em tempo real. E ainda pode comprar números locais por períodos limitados de tempo. Dá para ter um número da Itália para que as pessoas liguem, sem ter que pagar.
Aplicativos
- Os aplicativos para smartphones que funcionam com o sistema VoIP (Voice Over Internet Protocol) são o meio mais econômicos de fazer ligações internacionais. Eles funcionam melhor com wi-fi, mas também podem ser usados com 3G, dependendo da qualidade da conexão de dados.
- O Skype (Skype.com) oferece ligações gratuitas para outros usuários do Skype ou chamadas para telefones fixos ou celulares por tarifas baixas, bastando comprar créditos antecipadamente.
- O Viber (viber.com) também é prático. Você liga de graça para quem também tem o aplicativo.
- O aplicativo WhatsApp é a melhor opção atualmente. No hotel (solicite a senha na portaria), nas redes Mcdonalds e outros locais obtenha o Wifi e pronto, está conectado. Veja aqui locais com Wifi grátis. Se a sua versão foi a mais atualizada poderá fazer ligação gratuita para outro celular nas mesmas condições (que maravilha).
Você pode compartilhar a conexão do seu celular para acesso a internet por outro celular de pessoa que lhe acompanhe na viagem, com um único chip, através do Acesso Pessoal.
Cartões pré pagos
O velho esquema de comprar cartões telefônicos para ligar de aparelhos públicos ainda funciona e é barato. A inglesa O2 (o2.co.uk), por exemplo, vende cartão para chamadas internacionais por £ 5 e as ligações para o Brasil custam £ 0,02 o minuto para números fixos e £ 0,06 por minuto para celulares.

Brasil direto - Embratel
A Embratel (embratel.com.br) tem um serviço de ligações internacionais a cobrar ou por cartão, com assistência em português.
Fale do exterior como se estivesse no Brasil:
- Ligações diretas ou com o auxílio de um operador da Embratel.
- Você pode ligar de qualquer telefone: fixo, celular ou orelhão.
- As ligações podem ser pagas na conta do seu telefone fixo no Brasil.
Quando estiver em um dos países abaixo, ligue:
Estados Unidos - 1800 283 10 55
Portugal - 800 800 550
Espanha - 900 99 00 55
França - 0800 99 00 55
Argentina - 0800 999 55 00
Itália - 800 172 211
Reino Unido - 0800 89 00 55
Conexão WI-FI paga
Muitas operadoras oferecem planos com internet wi-fi, nos quais você paga para se conectar o hotspots. A Boingo (boingo.com) é uma das gigantes do negócio, com mais de 1 milhão de hotspots espalhados pelo mundo. Para usá-los você precisa contratar um plano (preços começam em US$7,95). Baixando o aplicativo da empresa você é avisado toda vez que há uma conexão disponível por perto.

Atenção para o seu celular no embarque em voo direto para os Estados Unidos
Desde 06 de julho de 2014, a TSA (agencia de segurança dos USA) passou a ver em qualquer aparelho eletrônico um potencial disfarce para bomba. Aeroportos de países com voos diretos para os USA foram orientados a exigir que os passageiros liguem seis aparelhos no embarque, provando que são o que aparentam ser. Se o seu celular estiver descarregado, você viaja, mas ele fica. A ANAC ainda não foi notificada e a regra também não vigora nos voos internos dos USA, mas telefones já foram retidos no Oriente Médio e na Inglaterra. Leve o seu carregador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário