segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Guia de Viagem - Bagagens


Com o conhecimento sobre as regras de bagagens a sua viagem vai ficar mais fácil e prazerosa.

Veja abaixo em "Mais informações" quais são as regras de algumas companhias aéreas e dicas sobre bagagens:

AMERICAN AIRLINES

É permitido levar uma mala pequena por passageiro, desde que caiba de forma confortável no medidor do check in, sem que haja pressão para isto, e que não ultrapasse as dimensões máximas de 110 cm (55 x 35 x 20 cm).
São permitidos itens pessoais: bolsa pequena, pasta, laptop ou um item semelhante, como mochila ou sacola. O item pessoal deverá ser menor que a bagagem de mão e caber embaixo do assento à sua frente (36 pol./91 cm (dimensões totais).

Os itens adicionais permitidos, além dos itens anteriores com as devidas restrições, são:
- Casacos/cachecóis/chapéus;
- Livro ou jornal;
- Saco pequeno com alimentos para comer durante o voo;
- Assento de segurança aprovado para crianças pagantes ou de colo;
- Travesseiro ou cobertor;
- Carrinho para crianças pagantes ou de colo;
- Bolsa com fraldas para crianças pagantes ou de colo;
- Itens do Duty Free;
- Dispositivos de auxílio para passageiros como cadeiras de roda, andadores, concentradores de oxigênio portáteis etc.

Afora os itens adicionais permitidos, não é permitido embarcar com mais de dois itens (pessoal e bagagem de mão). Não tem jeitinho brasileiro. Você pode até perder a sua bagagem de excesso ou não viajar.
Na bagagem de mão, líquidos e géis estão limitados a embalagens de até 100 g cada, que devem estar em um saco plástico transparente com “zip” na parte superior.

Coloque seu documento de identidade com foto, remédios, receitas médicas, dinheiro, chaves, joias, eletrônicos, filmes e câmeras na bagagem de mão – não na bagagem despachada.

- Bagagem despachada - É permitido despachar duas bagagens, sem encargos, com medidas totais de 62 pol./158 cm e peso máximo de 70lbs./32kg.
Cuidado neste quesito. Recentemente em viagem de Las Vegas para o Brasil um brasileiro sentado ao nosso lado teve que pagar US$200.00 de multa porque a sua mala pesava 39 quilos, por desconhecer as regras da American Airlines. Não falava nem entendia nada de inglês, não leu nada sobre a viagem e a agencia não lhe deu qualquer informação sobre bagagem.

As informações acima são as básicas. Consulte o site da American para saber detalhes sobre bagagens - Site American Airlines

TAP

Bagagem de mão adequada para ser transportada no compartimento acima do lugar do passageiro ou abaixo do assento, com dimensões máximas de 110 cm- 55x35x20 cm.
- Classe Económica: 1 peça até 8 kg
- Classe Executiva: 2 peças com um peso total combinado de 16 kg

No momento do check-in, verifique se sua bagagem de mão está dentro dos limites recomendados e a entregue para ser etiquetada.
Tenha especial atenção aos produtos considerados perigosos que não podem ser transportados como bagagem, e que estão especificados no seu bilhete.

Bagagem despachada - A franquia de bagagem gratuita transportada no porão pode ser estabelecida com base no peso ou no número de peças a transportar.
Seguindo as normas internacionais para as condições de Segurança e Saúde no Trabalho, a TAP não transporta malas/volumes com mais de 32 kg. As malas/volumes com mais de 32 kg têm de ser transportadas como carga. 
As informações acima são as básicas. Consulte o site da TAP para saber detalhes sobre bagagens - Site TAP


AIR FRANCE

Bagagem de mão – Classe Economy
- Uma peça de bagagem padrão respeitando as seguintes dimensões máximas: 55 cm  x 35 cm  x20 cm - incluindo bolsos, rodas e alças (soma das medidas = 110 cm) ;
- Um acessório (bolsa de mão notebook, máquina fotográfica, tablet etc)
Peso total máximo (bagagem padrão + acessórios) = 12 kgs.
Nota: além da franquia de bagagens, é possível transportar na cabine e por pessoa uma sacola com objetos isentos de imposto (duty free).

Bagagem despachada – Classe Economy
Para as viagens cujo primeiro voo parte do Brasil, você pode transportar gratuitamente 2 peças de bagagem, cada uma com o peso máximo de 32 kg.

As informações acima são as básicas. Consulte o site da Air France para saber detalhes sobre bagagens - Site Air France


Dicas importantes
- Se for utilizar a mesma companhia aérea durante toda a viagem as regras acima prevalecem. No caso da viagens internas (dentro dos Estados Unidos ou na Europa, por exemplo) através de companhias aéreas distintas, as regras mudam. Consulte a agência de viagens ou a empresa aérea antes de fazer a compra. Normalmente você só poderá levar uma mala despachada com 20 ou 23 quilos. Malas adicionais terão que ser pagas.
- O peso máximo de cada mala despachada é de 32 kg. Não pode ser uma mala com 42 kg e outra com 22 kg, por exemplo. Trata-se de exigências de normas internacionais para as condições de Segurança e Saúde no Trabalho.
- Lembrar que você também irá carregar as suas malas, portanto evite bagagens muito pesadas. Leve somente a quantidade de roupa necessária para o tempo de viagem. Não precisa levar todas as roupas do armário para fazer a combinação quando estiver no exterior.
 - As pessoas que vão manusear as malas pesadas nos aeroportos não vão carrega-las. Quase sempre são jogadas, sem nenhum cuidado.
- Leve na mala de mão medicamentos, joias (pra que levar?), chaves, celulares, notebook, tablet, dinheiro, cartões de crédito, documentos que deverão ser apresentados na imigração
- Identificação das bagagens – A maioria das malas despachadas são na cor preta.Se a sua for desta cor faça uma personalização com fitas coloridas e com etiquetas diferenciadas;
- Identificação das bagagens – Coloque interna e externamente etiquetas com o seu nome, endereço completo e telefone de contato (com DDI e DDD- exemplo +55-71-3381-9923). Será util em caso de extravio.
- Em viagem para os Estados Unidos, utilize cadeados TSA -  Transportation Security Administration. Eles são os responsáveis pela verificação das malas. Durante o processo de verificação sua mala pode conter algum item que não seja visível para o sistema eletrônico ou que algo que os agentes da TSA necessitem analisar melhor o conteúdo dentro da mala para identificarem. Nesse caso, eles têm a chave mestra e abrirão a mala para verificar, e é aí que entra o cadeado TSA na história.

- Dê preferência a mala que o fechamento do zíper fica preso no segredo. Se for usar mala com cadeado use o "Sealbag" para evitar que no aeroporto façam uma cesárea nela (abrem, roubam e fecham sem deixar qualquer sinal). Veja no site http://www.sealbag.com.br/.

Como arrumar a sua mala


Veja aqui Dicas ANAC

Novos acessórios ajudam viajantes a rastrear bagagens e localizar malas extraviadas 
Os usuários podem acompanhar localização de seus pertences com aparelhos de GPS e por sinal GSM.
A angústia de ver a bagagem desaparecendo pelas esteiras do check-in e não encontrá-la no aeroporto de chegada e o receio de ter as malas extraviadas ou perdidas são comuns entre muitos viajantes. Não é à toa que, em recente pesquisa da empresa de informação para o setor de aviação FlyView, 53% dos viajantes declararam que pagariam uma taxa extra às companhias se pudessem rastrear sua bagagem em tempo real.
O surgimento de novas tecnologias para localização de bagagens, no entanto, tem ajudado a evitar, ou minimizar, os efeitos do extravio. Na Delta Air Lines é possível fazer o rastreamento da bagagem, do check-in à esteira (sem pagar por isso), pelo aplicativo para celular Fly Delta. Basta informar o código na etiqueta de bagagem colocada pela companhia.
Há ainda formas de se rastrear as bagagens sem precisar recorrer às empresas, que, normalmente, só disponibilizam a função depois que as malas já foram extraviadas. Acessórios que utilizam sinal GSM, o mesmo de celulares, já estão disponíveis no mercado.
O TrakDot, por exemplo, pesa apenas 90g e, instalado dentro da mala, informa, através de SMS e e-mail, a localização exata da bagagem. O rastreador é automaticamente desligado dentro dos aviões e ligado novamente no pouso, já que a troca de dados é proibida na maioria dos voos. Segundo Arthur Elias, diretor da empresa no Brasil, dados GSM estão em quase todos os aeroportos pelo planeta.
Antenas que fornecem este sinal só não estão presentes no Japão e na Coreia do Norte. A última localização da bagagem estará sempre disponível.
O LugLoc funciona de forma semelhante só que, em vez de o usuário receber mensagens de texto, acompanha a localização da bagagem em um aplicativo. Além disso, é carregado com um dispositivo USB, diferentemente do TrakDot, que usa pilhas AA. Ambos só podem ser comprados pela internet.
Há rastreadores que funcionam por GPS, mesma tecnologia utilizada para mapas. O dispositivo fabricado pela Tempo tem o funcionamento parecido com o dos demais: o passageiro acompanha o trajeto da mala onde foi colocado o acessório por aplicativo de celular ou por mensagens de texto.
Há também a possibilidade de adquirir “malas inteligentes” que já vêm com os rastreadores e bateria embutidos. A Blue Smart é uma das opções, disponível pela internet. Essas malas funcionam, na maior parte das vezes, através de sinal GPS. A desvantagem é o fato de que o rastreador, por já vir instalado, não pode ser utilizado em outras malas. Mas, como esse tipo de bagagem costuma vir com outros acessórios, que incluem entrada para carregadores de celular e fechadura eletrônica, a escolha pode compensar.
Já as “etiquetas inteligentes” da Super Smart Tag e da Okoban são uma forma mais simples de encontrar a bagagem perdida. As duas têm um código de rastreamento, que é ativado pelo site, onde também são informados dados do passageiro. Caso a mala seja extraviada, e alguém, ou a própria companhia, a encontre, é possível acessar a localização do dono da bagagem na página da internet, fornecendo o mesmo código usado na ativação da etiqueta.
De 2007 a 2014, o número de extravio de bagagem diminuiu em mais de 60% em nível global. Ainda assim, cerca de 24 milhões de malas foram perdidas temporariamente no último ano pelo mundo, segundo dados da Sociedade Internacional de Telecomunicações Aeronáuticas (SITA). A SITA alerta sobre a necessidade de se ter cuidados básicos na hora do check-in, como a etiqueta de identificação do passageiro, como lembrar das características da bagagem, como cor e formato, evitar transportar objetos de grande valor e jamais se afastar das malas de mão. Outras precauções importantes são não esquecer de retirar etiquetas de voos anteriores e verificar se a nova identificação fornecida pela companhia está correta.
Segundo o Procon, a companhia é responsável pela bagagem e, em caso de extravio, o usuário deve comunicar à empresa no balcão ou em postos da Anac no aeroporto, apresentando o comprovante do despacho. Se em até 30 dias a bagagem de voo doméstico (21 para voos internacionais) não for devolvida, a empresa aérea deverá indenizar ou reembolsar o passageiro.

Como rastrear a sua mala (clique nos nomes para acessar os sites):

Aspenta - A empresa desenvolveu o rastreador Vectu Max, para ser colocado na mala, e que usa tecnologias GSM e GPS;

Bluesmart - Mala que já vem com rastreador embutido; 

Fly Delta - Aplicativo da companhia aérea Delta, que permite o rastreamento da bagagem; 

Lugloc - Funciona com sinal GSM com entrada do carregador USB; 

Okoban - Etiqueta com rastreador; 

Super Smart Tag - Etiqueta inteligente com rastreador; 

Tempo Cases - Rastreador por GPS; 

Trakdot - Dispositivo que ajuda você a recuperar a sua mala em tempo recorde. Funciona com sinal GSM e precisa de pilhas AA. 

Um comentário: